Você está aqui: Página Inicial

Grupo de Pesquisa Tecnologias em Ambientes Informacionais

 

O GPTAI - Grupo de Pesquisa Tecnologias em Ambientes Informacionais, certificado pela UFSCar em 2012, tem trabalhado para consolidar-se como centro de questionamentos, discussões e ações que envolvem a organização e a representação dos recursos informacionais, bem como a geração, o controle, a transmissão, os processos de gerenciamento de dados em meio automatizado e seu uso.

Compreendemos que os recursos tecnológicos e midiáticos, por meio de estruturas computacionais, permeiam a produção, a organização, a distribuição, o acesso, o armazenamento, a preservação, o uso e o reuso dos recursos informacionais por meio de métodos de representação e de recuperação, construindo, consequentemente, novo contexto sócio-cultural, educacional, econômico e tecnológico.

As pesquisas envolvem interfaces do campo da Ciência da Informação e refletem ações de ensino, pesquisa e extensão, com publicações que envolvem o tratamento descritivo e temático da informação.

Linhas de pesquisa

  • Ambientes digitais de informação: Discute, analisa e estuda criticamente as instituições de patrimônio cultural estabelecidas em ambientes digitais de modo a contemplar aplicações tecnológicas na manutenção de dados, na memória institucional, na curadoria digital, na implantação de sistemas de informação, e em processos, compartilhamento, interoperabilidade e conversão de registros bibliográficos;
  • Tecnologias e organização do conhecimento: Contribui com o desenvolvimento de referenciais teóricos e aplicados acerca da organização e representação da informação e do conhecimento nos diferentes contextos informacionais e tecnológicos;
  • Tecnologias e representação da informação: Contribui para discussões teórico-conceituais e pragmáticas da catalogação por meio de metadados e seus esquemas, e modelagens computacionais nos mais variados ambientes informacionais.

 

Informações sobre o GPTAI junto ao CNPq podem ser acessadas no Diretório dos Grupos de Pesquisas no Brasil.